Últimas Notícias | Ano 13 | Edição 025


Headhunter sp, Headhunting brasil, Executive Search, Consultoria Empresarial, Gerenciamento de Carreira, Aconselhamento Profissional SP, M&A Brazil, SEO

Quem é ou pretende ser líder precisa saber que a resiliência é característica fundamental. Essa e outras notícias em nosso boletim!


Entre o plantar e colher existe o regar e esperar. Gratidão transforma o que temos

em suficiente.


Desenvolvendo Resiliência

Como desenvolver resiliência? Quem é ou pretende ser líder precisa saber que a resiliência é uma característica fundamental. O mundo empresarial precisa de líderes que depois dos tropeços, sejam capazes de se reerguerem com rapidez e tentarem novamente. Você é uma pessoa resiliente? Você é um líder resiliente? Seu líder é resiliente? Você trabalha com pessoas resilientes? Quem quer alcançar resiliência, deve ter em mente a necessidade de possuir algumas das qualidades citadas a seguir.


Perseverança - Perseverança é uma das principais qualidades do líder genuíno, que não desiste diante de obstáculos, e que busca vencer desafios. Esta determinação é o que chamamos de garra, o que sempre nos faz buscar formas e maneiras de contornar os desafios.


Autenticidade - As empresas e as pessoas querem e procuram seguir um líder verdadeiro e não um falso chefe, que pensa única e exclusivamente em si mesmo, ou seja, aquele chefe que quando o sucesso chega se acha e se elege como único responsável pelo bom resultado, mas quando o erro surge, procura sempre colocar a culpa em alguém.


Perspectiva - Qualidade fundamental para se alcançar a resiliência. Tropeçar ou errar não deve ser motivo de vergonha. O que importa é a capacidade de erguer a cabeça e se levantar rapidamente. Não existe problema em ficar decepcionado e incomodado por ter fracassado. O que não deve acontecer é se achar derrotado e se tornar pessimista. Grandes líderes resilientes enxergam longe. Nunca ficam tempo demais preocupados quando fracassam, e nem são eufóricos em excesso quando são bem sucedidos. Líderes autênticos têm o poder de manter a calma, mantendo amplas perspectivas.


Confiança - As conquistas conferem confiança às pessoas, mas é preciso ser cuidadoso, pois a confiança em excesso pode fazer com que uma pessoa se torne, ou seja vista como arrogante, o que pode resultar em derrotas e fracassos difíceis de serem sobrepujados, envolvendo a imagem do líder. Resiliência é a determinação de se recuperar rapidamente de um fracasso e a força para manter perseverança. (Blog Televendas & Cobrança – Carlos Pires)


AbbVie gains U.S. nod for $63B Allergan takeover

Pharmaceutical giant AbbVie has won U.S. antitrust approval for its purchase of Allergan for $63 billion in cash and stock. The purchase is seen as a hedge against the impending expiration of U.S. patents on AbbVie’s blockbuster drug, Humira. North Chicago-based AbbVie announced the deal in June 2019, but ran up against U.S. FTC - Federal Trade Commission antitrust concerns. Under a consent agreement with the FTC, the companies agreed to sell brazikumab, an investigational IL-23 inhibitor under development to treat ulcerative colitis and Crohn’s disease, to AstraZeneca, which developed it and licensed it to Dublin, Ireland-based Allergan in 2016. The commission voted 3 to 2 to accept the proposed consent order. Approval from the Irish High Court to close the deal was granted on May 6th.


Abbvie and Allergan’s agreements to have the consent - As part of the consent agreement, AbbVie and Allergan also agreed to divest Zenpep, an EPI - exocrine pancreatic insufficiency treatment used by cystic fibrosis patients, to Nestle Health. Nestle also will acquire Viokace, another pancreatic enzyme treatment in the deal. AbbVie and Allergan together control 95% of the market for drugs to treat EPI, according to the FTC. Johnson & Johnson sells Stelara, the only FDA-approved IL-23 inhibitor treatment for both conditions. Only three other companies - AbbVie, Allergan, and Eli Lilly - have IL-23 inhibitors in late-stage development. (+MassDevice newsletter – Nancy Crotti)


FTC, Irish court clear AbbVie to acquire Allergan

The U.S. Federal Trade Commission has cleared AbbVie to acquire Allergan, and the High Court of Ireland has approved the transaction. “The acceptance by the FTC satisfies all required antitrust clearances needed to be obtained,” according to a press release from AbbVie. Brent Saunders, Allergan chairman and CEO, will not join the AbbVie board as was initially planned in order “to pursue other opportunities in the sector,” the release said. The court’s decision is subject to administrative obligations that are expected to be complete on May 8, according to a press release from Allergan. (Healio ocular surgery news)


Defensivos biológicos crescem em ritmo acelerado

O faturamento dos produtos biológicos de controle deve alcançar mais de US$ 5 bilhões no mundo. Em 2018 foram registrados 52 defensivos biológicos no Brasil, de acordo com o Ministério da Agricultura. Um crescimento recorde de 12,5%. Em 2019 foram comercializados um total de 64 ingredientes ativos, 29 dos quais eram semioquímicos, outros 23 microbiológicos e ainda 12 agentes de controle biológico, de acordo com dados do IBAMA - Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis. Em 2020 o registro de dois biológicos inéditos: um a base de extrato de alho, que poderá ser usado para o controle de broca da cana e o outro é o registro de Amblysuius tamatavensis, um ácaro que controla a mosca-branca, praga que ataca a batata, tomate e feijão entre outras culturas.


Evolução do mercado de defensivos biológicos no Brasil - Nos EUA, o uso de produtos biológicos é três vezes maior que no Brasil, mas nosso mercado vem crescendo a dois dígitos por ano. A estimativa é que continue crescendo em ritmo acelerado, de 20% a 25% ao ano, ultrapassando a expectativa de 17% de crescimento do mercado global. O crescimento de faturamento dos produtos biológicos de controle deve alcançar mais de 5 bilhões de dólares no mundo em 2020, incentivando maior investimento no desenvolvimento de tecnologias de controle biológico de pragas e doenças na agricultura, conforme dados da ABCBio – Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico, divulgados no início de 2019. Apesar do forte crescimento apresentado no último balanço do setor, a comercialização de biodefensivos responde por menos de 2% do faturamento total do mercado de proteção de plantas. A adoção vem crescendo, mas ainda há muito espaço para avançar. O produtor que usa, entende os resultados e repete nas próximas safras, mas ainda há céticos.


Tipos de produtos biológicos - Existem os macrobiológicos, que são insetos predadores, que parasitam os ovos das pragas e os microbiológicos, que abrangem, fungos, bactérias e vírus, que controlam uma infinidade de pragas e doenças. Praticamente todas as culturas utilizam controle biológico, pois os produtos são registrados por agentes, e não por culturas. Podem ser utilizados na culturas de soja, milho, cana-de-açúcar, café e algodão e também em frutas, hortaliças e plantas ornamentais.


Os produtos biológicos mais utilizados no Brasil – O Challenger, foi o primeiro bioinseticida registrado para o controle do ACP - Asian Citrus Psilid, o vetor da doença nas culturas cítricas. O produto pode ser usado em combinação com a maioria dos produtos químicos recomendados para a praga, especialmente nas épocas de floração e colheita, reduzindo os resíduos de pesticidas no produto final (frutas ou sucos). Este produto foi desenvolvido em parceria com o Fundecitrus - Centro de Pesquisas da Indústria Cítrica e a ESALQ / USP. Foram desenvolvidos os usos do chamado PodisiBug (Telenomus podisi), uma vespa parasitóide para controle do percevejo de soja (Nezara viridula), do Trichodermil (Trichoderma harzianum), para controle de nematoides e fungos de solo e o Octane (Isaria fumosorosea), para controle da cigarrinha do milho (Dalbulus maidis).


Principais vantagens no uso de produtos biológicos - Entre benefícios financeiros, muitas vezes o controle biológico tem custo menor e resulta em melhor produtividade. Também apresentam sustentabilidade, pois agregam valor ao produto final, que pode ter um preço diferenciado por conta de seu manejo ser mais sustentável. No caso da cana-de-açúcar, a redução nos gastos de controle pode chegar a 15%, quando comparados com os do cultivo convencional. Em relação ao controle de pragas e doenças, o controle biológico é bastante efetivo e atestado no mercado, mas infelizmente ainda não há inimigos naturais comercializados para todas as pragas e doenças de nosso agricultura. Isso acontecerá ao longo de futuros desenvolvimentos. (Portal AGROLINK)


Upbeat Consulting | Upbeat MDC Consultoria Empresarial Ltda.


Integrar esforços e executar transições eficientes entre disciplinas maximizando a performance é o que leva à vitória, tanto no triathlon como nos negócios. Atuamos estratégica e taticamente com foco em capital humano, marketing e vendas. Além de headhunting para vagas difíceis, desenvolvemos soluções integradas que potencializam performance aos nossos clientes em transições de carreira, de informação e de negócios trazendo resultados campeões junto aos seus candidatos, clientes e acionistas.


Fale com a gente. Vamos com tudo!


Rodrigo N. Ferraz | rodrigo@upbeatconsulting.com.br | 5511 4200 8327

Ruben D.F. Ferraz | r.ferraz@upbeatconsulting.com.br | 5511 4554 1140



Tags: #serviços #tecnologia #alimentos #varejo #vagasdifíceis #headhuntingvagasdifíceis #outboundhiring #boletimupbeatmdc #upbeatconsulting #energiasalternativas #vamoscomtudo #agronegocios


Upbeat Consulting | Headhunting, Vagas Difíceis

Performance em transições de carreira, de informação e de negócios.