Buscar

Últimas Notícias | Ano 13 | Edição 023

Atualizado: Mai 8


Headhunter sp, Headhunting brasil, Executive Search, Consultoria Empresarial, Gerenciamento de Carreira, Aconselhamento Profissional SP, M&A Brazil, SEO

Como será o varejo e a indústria de consumo depois do coronavírus? Essa e outras notícias? Leia em nosso boletim!


"Você só descobre quem estava

nadando pelado quando a maré abaixa." (Warren Buffet)


Como será o varejo e a indústria de consumo depois do coronavírus?

Os hábitos de consumo e o fluxo de compras estão mudando, ainda mais quando consideramos as consequências do COVID-19. O mundo está diante de um processo de transformação intensa. A pandemia de coronavírus tem sido uma grande impulsionadora para a adoção e utilização de novos recursos na maioria dos setores. Há um aumento crescente do comércio eletrônico e de tecnologia. O que antes era um complemento, hoje é fundamental para o desenvolvimento e sobrevivência dos negócios. Esses e outros insights estão presentes em um estudo da KPMG sobre as tendências que afetarão o setor de varejo e a indústria nos próximos anos na América do Sul. “Em linhas gerais, o consumidor foi empoderado: abandonou seu papel passivo e se tornou o epicentro em torno do qual o setor evolui e as empresas definem suas estratégias. Nesta realidade, há várias arestas que as empresas precisam aparar para terem sucesso”, afirma Fernando Gambôa, sócio-líder de Consumo e Varejo da KPMG na América do Sul.


Consumidores mais conectados - De acordo com a pesquisa, as atuais circunstâncias globais fizeram os consumidores estarem mais conectados, informados, exigentes, engajados e conscientes. “Os casos de sucesso já revelam que, no futuro, não haverá varejo sem tecnologia. O setor todo estará muito mais digitalizado”, completa Paulo Ferezin, sócio-líder de Varejo e de Alimentos e Bebidas da KPMG no Brasil. O estudo da KPMG ainda destaca oito caminhos que estão otimizando a cadeia de suprimentos e que podem ajudar em soluções, investimentos e experiências diferenciadas para os consumidores. Veja conforme segue abaixo.


Pessoas no centro - A centralidade do cliente se tornou o novo epicentro do varejo, isso por que o nível de exigência do consumidor cresceu significativamente nos últimos anos e promete crescer ainda mais. Hoje, as pessoas exigem transparência das empresas e assuntos como conscientização, sustentabilidade, produção e inclusão impulsionam o posicionamento na hora de fazer uma compra. Não há mais “simples clientes”, a tendência agora é que os consumidores sejam vistos como “agentes da mudança” ou “prosumidores”.


A experiência e a lealdade do cliente - Em parceria com a primeira, essa tendência age de acordo com as mudanças no comportamento e perfil dos consumidores. Aqui as empresas valorizam as estratégias que geram experiências diferenciadas aos seus clientes através de lealdade e estabelecendo uma ligação emocional. Isso fica ainda mais relevante na pandemia da COVID-19, com o isolamento social. Esse é o momento das companhias começarem a investir em novos modelos de trabalho, aprendizados à distância, entretenimento online, entre outros.


A confiança como o motor do crescimento - A confiança é um elemento básico em todo relacionamento. Sem ela, não há sintonia, não há acordos e nem vínculos que possam durar por um longo tempo. Isso vale tanto para a vida pessoal, como para a profissional. O nível de confiança que o consumidor atribui a uma determinada empresa é o que vai fazer ele voltar a escolhê-la ou não. Por isso, as marcas devem mostrar seus valores e buscar por iniciativas focadas em melhorar os níveis de reputação para conquistar uma boa relação de credibilidade.


Modelo eficiente e ético no uso dos dados pessoais - O uso dos dados do consumidor é outra ação estratégica notada. Com ela, é possível entender os hábitos de compra, as escolhas e horários de maior fluxo. O recurso permite sincronizar a oferta com as expectativas do cliente e fazer previsões sobre as próximas compras. É importante que as empresas usem essa técnica de forma ética, segura e inteligente, para que a personalização das vendas mostre que o cliente é único e importante.


Novas plataformas e modelos de negócios - Atualmente tudo o que é possível está migrando do mundo físico para o virtual. Novos modelos de negócios e o e-commerce estão crescendo. A tecnologia móvel é um dos principais propulsores das plataformas, já que praticamente todos os consumidores possuem um smartphone em mãos. De acordo com o estudo, mais de 80% da população global tem uma conexão móvel ativa de Internet, e é por isso que o varejo agora é digital: hoje uma compra pode ser feita em qualquer lugar e em qualquer horário.


Cooperação e colaboração - Os varejistas que entregam um produto de boa qualidade e conseguem garantir o serviço em tempo hábil e a um preço justo, conquistam ainda mais quem está do outro lado. Tudo isso só é possível se for feito de forma colaborativa e organizada. Neste sentido, plataformas que investem em iniciativas de colaboração, inclusive entre concorrentes, para enfrentar a dinâmica das mudanças que estão reconfigurando o varejo chamam a atenção. Esse é o momento em que os pensamentos egoístas foram deixados no passado e o “estamos juntos” é a chave para o sucesso. A parceria entre a Kohl’s e a Amazon é um bom exemplo disto.


Cadeia inteligente e responsiva de suprimentos - O omnichannel já estava sendo implantado no varejo há algum tempo e agora seu uso se tornou prioridade. É indispensável que quem possui uma cadeia de suprimentos inteligente e responsiva invista na estratégia. Sua adoção é importante para equilibrar os negócios físicos e online, além de tornar as demandas mais rápidas; no momento, essa opção está congelada pelas empresas por conta da pandemia, mas quando a situação passar a tendência é que ganhe mais abrangência.


A tecnologia como base para o desenvolvimento - Com o novo cenário em que o mundo se encontra, a tecnologia deixou de ser um complemento para se tornar uma necessidade. Hoje, toda a cadeia do varejo depende dela como nunca antes. O mundo tecnológico chegou para modificar os padrões de comportamento, bem como às novas oportunidades oferecidas. E é assim que novos comandos como a inteligência artificial e a realidade aumentada tomam conta dos negócios e só prometem ascender. (Portal Consumidor Moderno / Novarejo – Aline Barbosa)


O bilionário mercado de canabidiol nos EUA

O mercado norte-americano de CBD - canabidiol deverá ultrapassar a cifra de 20 bilhões de dólares até 2024, segundo as consultorias BDS Analytics e Arcview Market Research. Nos Estados Unidos, uma em cada sete pessoas usa algum produto à base de CBD todos os dias. Fabricantes e varejistas agora aguardam a FDA - Food and Drug Administration desenvolver uma regulamentação para o canabidiol em alimentos e suplementos alimentares. Mas enquanto isso, o ritmo de lançamentos segue intenso. Confira quem é quem e seus principais produtos no mercado americano de canabinóides a seguir.


Abacus Health Products - Em fevereiro, a Abacus Health Products anunciou a aquisição da Harmony Hemp, expandindo sua presença no varejo para mais de 12 mil pontos de venda. A marca fabrica loções, sais de banho, óleos, sabonetes, sprays de alívio para articulações, gel para alívio da dor, roll-ons e loções com insumos farmacêuticos ativos.


CBDfx - A CBDfx oferece cremes, bálsamos, máscaras, soros, óleo de massagem e sais de banho. Os produtos comestíveis de CBD incluem bebidas, cápsulas e gomas. A empresa usa ingredientes naturais como casca de salgueiro branco e mentol.


CBDPM - O CBD PM é um auxílio para o sono que contém CBD sem THC, melatonina e as ervas calmantes raiz de valeriana, maracujá, lúpulo, camomila e erva-cidreira. Já o CBD Freeze Roller combina as propriedades analgésicas do mentol com a potência natural do CBD.


Charlotte’s Web - Seus suplementos comestíveis para animais de estimação já contam com selos de aprovação do National Animal Supplement Council e da U.S. Hemp Authority. Com a recente aquisição da Abacus Health, a empresa detém aproximadamente 34,7% de participação no mercado de alimentos, medicamentos e produtos com CBD em massa.


CV Sciences - A CV Sciences fabrica o PlusCBD Oil, comercializado em mais de 5.700 pontos de venda nos Estados Unidos. A capilaridade inclui lojas de alimentos naturais, centros de assistência médica e, mais recentemente, 1.350 lojas da rede Kroger em 22 estados americanos.


Eagle Labs - Em novembro, a Eagle Labs anunciou o lançamento de sua marca Impirica CBD, composta por gotas líquidas de CBD, cápsulas, géis macios, creme para a pele, roll-on para alívio de dores, adesivo transdérmico, soro ocular e CBD para animais de estimação.


Functional Remedies - Fundada em 2015, a Functional Remedies é pioneira no setor de bem-estar, criando produtos de óleo de cânhamo de espectro total usando agricultura 100% sustentável. Seus produtos maximizam os benefícios naturais de toda a planta para criar um efeito sinérgico com o corpo. O óleo é feito com toda a planta de cânhamo e contém altos níveis de fitocanabinóides.


Elixinol - A Elixinol usa extrato de cânhamo de espectro total ou amplo em todos os seus produtos. Entre os novos itens está o Gel Esportivo Broad Spectrum de 1.000 mg, que apresenta uma mistura de óleos essenciais como extrato de eucalipto, hortelã-pimenta, alecrim, manjericão, toranja, camomila e casca de cássia. É não gorduroso e oferece absorção rápida para todos os tipos de pele.


HempFusion - A HempFusion oferece o Whole Food Hemp Complex, que contém CBD e outros canabinóides, e também possui mais de 25 produtos CBD com um espectro completo. Os itens relacionados à dor vêm registrando fortes vendas entre consumidores com 55 anos ou mais e incluem creme e bálsamo de extrato de cânhamo, produzidos com ingredientes como óleo de jojoba, óleo de hortelã-pimenta e aloe vera.


Holistik Wellness – O consumidor americano rapidamente trocou a compra de um pacote único de US$ 4,99 de palitos dissolvíveis de bebidas Holistik Wellness para a compra de dez pacotes por US$ 39,99. Os campeões de vendas são o Holistik Sleep, que possui camomila, melatonina e 10 mg de CBD Wellness de amplo espectro; e o Holistik Stress, com 10 mg de amplo espectro de CBD Wellness e extrato de erva-cidreira.


Lazarus Naturals - A última novidade da Lazarus Naturals é uma linha de loções com CBD. As loções estão disponíveis sem perfume e em dois perfumes inspirados no noroeste do Pacífico: Portland Rose e Pacific Pine.


Medterra - A marca conta com o Manuka Cream, projetado para fazer parte de um regime diário de cuidados com a pele, que combina o CBD com os benefícios de cura do mel de manuka da Nova Zelândia. Já o CBD Rapid Cooling Cream harmoniza o CBD com ingredientes orgânicos como mentol e arnica, para alívio muscular.


New Leaf Pharmaceuticals - A New Leaf Pharmaceuticals planeja lançar um produto para dormir que contenha canabinóides exóticos. Para ambientes clínicos, a empresa lançará em breve um gel tópico para procedimentos como fotoferese ou ultrassom.


Prana Principle - No ano passado, a Prana Principle, empresa do Grupo Apax, lançou uma linha completa de produtos tópicos e ingeríveis. A empresa também está lançando um soro de CBD à base de plantas, que promete promover uma pele mais saudável e suave. Outro novo produto é o creme ultra-hidratante para a pele.


Social CBD / Sentia Wellness - A Sentia Wellness lançou o Social CBD em 2019. A marca reúne produtos 100% vegetais e ricos em fitonutrientes, disponíveis em 18 mil lojas. O Bálsamo Muscular está entre os mais vendidos.


Veritas Farms - A Veritas Farms começou o ano com vários lançamentos. Eles incluem o Zen Roller, um roll-on CBD de espectro completo para viagens; Mind, uma mistura de óleo de cânhamo de espectro total com óleos essenciais de alecrim e hortelã-pimenta e o Mood, uma mistura de óleo de cânhamo de espectro total com óleos essenciais de bergamota e lavanda. (Portal Panorama Farmacêutico)


Upbeat Consulting | Upbeat MDC Consultoria Empresarial Ltda.


Integrar esforços e executar transições eficientes entre disciplinas maximizando a performance é o que leva à vitória, tanto no triathlon como nos negócios. Atuamos estratégica e taticamente com foco em capital humano, marketing e vendas. Além de headhunting para vagas difíceis, desenvolvemos soluções integradas que potencializam performance aos nossos clientes em transições de carreira, de informação e de negócios trazendo resultados campeões junto aos seus candidatos, clientes e acionistas.


Fale com a gente. Vamos com tudo!


Rodrigo N. Ferraz | rodrigo@upbeatconsulting.com.br | 5511 4200 8327

Ruben D.F. Ferraz | r.ferraz@upbeatconsulting.com.br | 5511 4554 1140



Tags: #serviços #tecnologia #alimentos #varejo #vagasdifíceis #headhuntingvagasdifíceis #outboundhiring #boletimupbeatmdc #upbeatconsulting #energiasalternativas #vamoscomtudo #agronegocios


Upbeat Consulting | Headhunting, Vagas Difíceis

Performance em transições de carreira, de informação e de negócios.