ÚLTIMAS NOTÍCIAS | Ano 12 | Edição 040


Headhunter sp, Headhunting brasil, Executive Search, Consultoria Empresarial, Gerenciamento de Carreira, Aconselhamento Profissional SP, M&A Brazil, SEO

"Cada dia a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, não havia pobreza no mundo e ninguém morreria de fome.” (Mahatma Gandhi)

Chinês é eleito novo diretor-geral da FAO

O vice-ministro de Agricultura da China, Qu Dongyu, venceu no último domingo, 23, as eleições para dirigir a FAO - Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura pelos próximos quatro anos. O chinês venceu os candidatos da França e da Geórgia ao obter no primeiro turno 108 votos entre os 191 países participantes. Qu, que substitui o brasileiro José Graziano da Silva no cargo, deve assumir como diretor-geral em 1 de agosto. A candidata francesa e da União Europeia Catherine Geslain-Lanéelle ficou longe da maioria após receber 71 votos, enquanto o ex-ministro georgiano de Agricultura Davit Kirvalidze obteve 12.


Chinês tem como projeto erradicar a fome em regiões pobres - "Quero agradecer à minha pátria depois destes 40 anos de reformas bem-sucedidas e política aberta", disse o representante chinês em suas primeiras palavras após ganhar a eleição, na qual só houve uma abstenção. Durante a campanha, Qu propôs se concentrar na erradicação da fome nas regiões pobres, modernizar a agricultura nas zonas tropicais e secas, promover a digitalização e inovar os modelos de cooperação. Com a eleição de Qu, Pequim reforça assim sua posição no sistema das Nações Unidas em um momento de disputa comercial com os Estados Unidos e com projetos como o da Nova Rota da Seda, que inclui grandes investimentos em terceiros países.


Antes de trabalhar na FAO, Graziano coordenou o Fome Zero - Antes de ser diretor-geral da FAO, Graziano trabalhou como subdiretor regional e representantes para a América Latina e Caribe na instituição. Ele venceu a eleição pelo cargo de liderança na entidade em 2011, com quatro votos a mais que o segundo colocado, o ex-ministro de Relações Exteriores da Espanha Miguel Ángel Moratinos. Graziano é agrônomo, professor e escritor. Ele foi ministro extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome enquanto a pasta existiu, entre 2003 e 2004, no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva como presidente. Os últimos anos da gestão de Graziano frente à FAO foram marcados por um aumento dos índices de desnutrição. A partir de 2014, o número absoluto de pessoas desnutridas cresceu 4,73%, e alcançou 820,8 milhões, em 2017 (último ano com dado disponível). A obesidade entre adultos também piorou nos últimos anos: em 2012, era de 11,7% e, em 2016, subiu para 13,2%. Meta da FAO é acabar com a fome até o ano 2030. (Agência EFE de notícias)


Startup cria canudo comestível como alternativa para plástico

Pedir um suco ou refrigerante ao garçom e recebê-los com canudinho é algo comum no dia a dia. Um movimento contra o uso de canudos de plástico vem crescendo e espalhando a ideia por todo o mundo. Diversas cidades já proibiram o uso do descartável em comércios, bares e restaurantes, inclusive a cidade de São Paulo. O que poucos sabem é que esses pequenos tubos representam uma ameaça ao meio ambiente. O canudinho de plástico, tradicional, leva aproximadamente 400 anos para se decompor na natureza. Durante esse período, o material se desintegra em pedaços menores e acaba sendo ingerido por animais. E foi pensando em uma alternativa para o plástico que os espanhóis Sánchez, Enric Juviña, Michael Barffé e Carlos Zarzano decidiram fazer do problema uma oportunidade de negócio. Foi então que criaram a Sorbos, marca de canudos comestíveis e 100% biodegradáveis.


Os canudinhos da Sorbos - Possuem diversos tamanhos, não exigem métodos especiais de conservação e podem ser encomendados de forma personalizada. Há opções de sabores em limão, laranja lima, morango, canela, maçã verde, chocolate e gengibre. Segundo os empresários, os canudos não alteram o sabor da bebida e levam até uma hora para se desmancharem. Cada unidade tem 24 calorias. Os canudos são feitos com açúcar, gelatina bovina e amido de milho. Eles podem ser adquiridos no site da Sorbos, onde é possível solicitar mudanças em serigrafia, cor e desenho. Um pacote básico com 40 unidades e sabores sortidos custa, por exemplo, ‎13,50 euros, cerca de 53 reais, sem frete.


Os maiores vilões das praias - Uma pesquisa realizada pela organização Ocean Conservancy listou os dez resíduos mais encontrados nas ações de limpezas de praia: Bitucas de cigarro; Sacolas de plástico; Embalagens de alimentos; Tampas de plástico; Garrafas plásticas; Copos, pratos, garfos, facas e colheres plásticas; Garrafas (vidro); Latas; Canudos; Sacolas de papel. (Portal Consumidor Moderno - Jade Gonçalves Castilho Leite)


Vai faltar técnico de farmácia nos Estados Unidos

A escassez de técnicos de farmácia preocupa empresários e executivos nos Estados Unidos. Segundo projeções do Bureau of Labor Statistics, unidade do Departamento de Trabalho do governo norte-americano, até 2026, o varejo e instituições de saúde locais terão aumento de 12% no volume de empregos disponíveis para esses profissionais. Isso significa que 47 mil vagas precisarão ser preenchidas nesse período. No entanto, a oferta de cursos de graduação é baixa e pouco qualificada. Tom Maez, vice-presidente da Rx Relief, companhia especializada em recrutamento de mão de obra para o mercado farmacêutico, aponta uma série de razões para essa carência. Uma delas é a duração do programa de treinamento, que varia de seis a nove meses e, em uma universidade pública, pode custar US$ 8 mil. “Além de não terem nenhuma remuneração enquanto estão estudando, muitos ainda contraem dívidas. E após obterem a certificação, o salário médio gira em torno de US$ 15 a US$ 18 por hora, ou apenas US$ 40 mil por ano – um valor nada convidativo especialmente para os que atuam como principais provedores da família”, ressalta.


Fechamento do Corinthian Colleges - Maez também atribui a realidade atual ao fechamento, em 2015, da CCI - Corinthian Colleges Institute. A rede foi fundada em 2005 e chegou a somar 100 faculdades distribuídas pelos Estados Unidos e pelo Canadá. No entanto, após uma série de denúncias de operações fraudulentas que acarretaram em mais de US$ 30 milhões em multas pelo Departamento de Educação norte-americano, a instituição teve sua falência decretada. “Os técnicos poderiam estar trabalhando com alguns processos muito sofisticados, como a preparação de medicamentos quimioterápicos ou de suporte nutricional. Mas essas tarefas exigem um nível elevado de conhecimento que, infelizmente, esbarra na baixa oferta de cursos de especialização”, conclui.


A realidade brasileira - No Brasil, a carreira de técnico de farmácia convive atualmente com um embate jurídico no Supremo Tribunal Federal. O pleno do órgão vai decidir, com repercussão geral para todas as instâncias, se esses profissionais poderão também assumir a responsabilidade técnica por drogarias. A maioria dos ministros já votou nessa direção no plenário virtual, acompanhando proposta do ministro Marco Aurélio. Foi ele o relator de um recurso extraordinário impetrado na justiça mineira. O autor questionou a decisão do CRF- MG - Conselho Regional de Farmácia do Estado de Minas Gerais, que negou sua inscrição como técnico na entidade e a emissão de Certificado de Regularidade Técnica. (Portal Panorama Farmacêutico)


AbbVie to buy Irish-headquartered Allergan for 63 Billion dollars

American drugmaker AbbVie, which employs 600 people locally (Ireland), said on Tuesday it would buy Botox-maker Allergan for about $63 billion, grabbing control of by far the biggest name in medical aesthetics to help reduce its reliance on blockbuster arthritis treatment Humira. AbbVie has been under pressure to diversify its portfolio as Humira, the world’s best-selling drug, faces competition from cheaper versions in Europe. Allergan chief executive Brent Saunders put together the current version of the company through a series of deals to roll up several pharmaceutical firms in 2014, and has run the company since then. He built his reputation as a dealmaker, but his company has struggled since Pfizer walked away from a $160 billion deal to buy Allergan, which employs about 1,700 people in the Republic, in 2016.


Abbvie diversifies away from Humira - Allergan’s shares have lost around half their value since then. Mr. Saunders has been under pressure over the last year to break up the company, with activist investor David Tepper running a campaign to urge Allergan to hire an independent chairman. Allergan shareholders will receive 0.8660 AbbVie shares and $120.30 in cash for each share held, for a total consideration of $188.24 per Allergan share, a premium of 45 per cent to the stock’s Monday close. AbbVie shares were trading down 10.5 per cent at $70.50, while Allergan shares were up nearly 28.4 per cent in early trading. Maxim Jacobs, director of research for North America at Edison Investment Research, said the deal provides AbbVie with a set of assets to help diversify away from Humira at a very reasonable price. “In return, Allergan shareholders get a decent premium to what has been an outrageously low stock price”, Mr. J. Jacobs said. AbbVie will continue to be incorporated in Delaware as AbbVie Inc and will be led by Richard Gonzalez as chairman and chief executive officer. Mr. Saunders and another member of Ireland-based Allergan’s board will join AbbVie’s board upon completion of the transaction. The deal is expected to add 10 per cent to adjusted earnings per share over the first full year following the close, the companies said. (Agência de notícias REUTERS – texto extraído de uma publicação datada de hoje - 25/Jun/2019 - no jornal irlandês The Irish Times)


Upbeat Consulting | Upbeat MDC Consultoria Empresarial Ltda.

Gerando soluções nas transições de carreira, de informação e de negócios.

Rodrigo N Ferraz | rodrigo@upbeatconsulting.com.br | 5511 4200 8327

Ruben D F Ferraz | r.ferraz@upbeatconsulting.com.br | 5511 4192 3929



Upbeat Consulting | Headhunting, Vagas Difíceis

Performance em transições de carreira, de informação e de negócios.